VT Animal - ?????? joomla ?????

article

 

 

 

astros2

O Programa Estratégico ASTROS 2020 do Exército Brasileiro teve mais uma importante etapa concluída com a inauguração do Centro de Logística de Mísseis e Foguetes no dia 1º de fevereiro. A Avibras, que é ponto focal do programa, prestigiou a inauguração do centro localizado nas instalações do Forte Santa Bárbara em Formosa (Goiás). Trata-se de um evento histórico para a Força Terrestre.

O Centro de Logística será responsável pelo transporte, suprimento e manutenção do Sistema ASTROS 2020, sistema de apoio de fogo de longo alcance, multi-calibre e alta acurácia e precisão.

O Programa ASTROS 2020, como um dos indutores do processo de transformação do Exército Brasileiro, contempla em seu escopo projetos de pesquisa e de desenvolvimento, de aquisições e de modernização de viaturas e de construções de estruturas físicas, estabelecendo um sistema de apoio de fogo eficiente, flexível, seguro, confiável e de rápido emprego, capacitando as Forças Terrestres a uma gama ainda maior de missões, inclusive à dissuasão extrarregional.

Assista ao vídeo do Exército Brasileiro

 

foto7 foto3 foto4     

A Avibras marcou presença na KAS (Kuwait Aviation Show) 2018, feira voltada à Aviação Comercial e Defesa.  A companhia prestigiou a primeira edição do evento, realizada de 17 a 20 de janeiro, na cidade do Kuwait, com o objetivo de expandir a sua plataforma comercial no Oriente Médio com o ASTROS (Sistema de Foguetes de Artilharia para Saturação de Área), produto de maior sucesso comercial da empresa e o Skyfire (Sistema de Foguetes Ar-Terra de 70mm e Superfície-Superfície).

Com a finalidade de promover os negócios da empresa, principalmente os produtos de alto valor agregado e serviços nos mercados nacional e internacional, a Avibras participa anualmente de feiras no Brasil e no exterior nos segmentos de Defesa e Segurança, e de Tecnologia e Inovação.

Os eventos especializados também são importantes plataformas para consolidar vendas no Brasil e no exterior, em paralelo, trazendo excelentes perspectivas para a companhia.

centroinstru2

No dia 25 de janeiro, o Exército Brasileiro (EB) inaugurou o Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes, em Formosa (Goiás), considerado uma evolução da Artilharia. O Centro terá como missão capacitar e habilitar oficiais e praças para o emprego de mísseis e foguetes, além de contribuir para o aperfeiçoamento e o desenvolvimento da Doutrina de Emprego. A nova unidade faz parte do Programa Estratégico ASTROS 2020, do qual a Avibras é ponto focal.

Os trabalhos na companhia contemplam desenvolvimento e fornecimento do míssil tático de cruzeiro, do foguete guiado e das novas viaturas, no padrão MK-6 lançadoras, remuniciadoras, de comando e controle, meteorológica e de apoio ao solo, desde a sua concepção, projeto de engenharia, testes de voos, protótipos e definição de insumos agregados com elevada tecnologia.

A Avibras orgulha-se em fazer parte deste programa, que é um dos indutores do processo de transformação do EB. A parceria da indústria nacional de defesa com o EB e com representantes da Academia na pesquisa e no desenvolvimento de um Produto Estratégico de Defesa é fundamental para a soberania do País.

Assista ao vídeo do Exército Brasileiro

Simuladores
A Avibras inova com conceito de um espaço para desenvolvimento tecnológico colaborativo focado em inovações e tecnologias aplicadas aos setores nos quais atua. A empresa espera ser mais um caso de sucesso para o Parque Tecnológico São José dos Campos, onde será implantado o Espaço Avibras de Tecnologia e Inovação no primeiro semestre de 2018.

Esta nova iniciativa terá sua operação no Centro Empresarial IV, que será inaugurado no dia 14 de novembro. O objetivo da quase sexagenária Avibras é criar um ambiente de “startup” propício à união de esforços da indústria, dos centros tecnológicos e da academia na criação de soluções inovadoras e no desenvolvimento tecnológico estratégico para o Brasil.

“Há em todo o Brasil uma quantidade apreciável de iniciativas brilhantes em vários ramos da tecnologia que acabam não criando massa crítica suficiente para prosperarem e fixarem o conhecimento tecnológico de forma pragmática e duradoura. A ideia é explorar o conceito do SisDia (Sistema Defesa-Indústria-Academia de Inovação), que busca aumentar a cooperação e a interação entre as instâncias governamentais de todos os níveis, a base industrial brasileira e as universidades. A empresa visa criar uma “embaixada” das várias instituições envolvidas dentro do maior e mais tradicional polo Aeroespacial de Defesa e Segurança do país”, declarou João Brasil Carvalho Leite, diretor-presidente da Avibras.

A missão do Espaço é desenvolver “know how” nacional, promover a formação de especialistas, criar processos e ferramentas, e até produtos e negócios que assegurem a competitividade do Brasil, e que fomentem o espírito de empreendedorismo.

O Espaço estará aberto a profissionais e pesquisadores em uma infraestrutura adequada para promover a interação e colaboração em ambientes físico e virtual; identificar e potencializar sinergias alinhadas com os objetivos estratégicos da empresa; compartilhar infraestrutura disponível para simulação e experimentação; patrocinar e participar de eventos de integração como workshops, seminários e encontros; promover Fóruns de Inovação permanentes com palestras estruturadas; fomentar a pesquisa acadêmica-industrial e a produção de conhecimento aplicado, além de realizar mentoria com profissionais experientes da indústria.
sige1 3 sige1 2
A Avibras marcou presença no XIX SIGE (Simpósio de Aplicações Operacionais em Áreas de Defesa) realizado de 26 a 28 de setembro, no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica). Trata-se de um evento acadêmico realizado anualmente com o objetivo de criar um ambiente adequado à troca de experiências entre os setores acadêmico, industrial e setor operacional das Forças Armadas em temas de ensino, pesquisa e desenvolvimento no âmbito da Política de Defesa Nacional.

Esta edição focou temas de interesse da Defesa em áreas do conhecimento relacionadas com Análise Operacional, Comando e Controle, Guerra Eletrônica e Sistemas de Armas, mais especificamente orientados para apresentação de artigos, pôsteres, realização de palestras e minicursos.

A Avibras recebeu visitantes em seu estande, entre estudantes, professores e oficiais das Forças Armadas. A empresa expôs soluções inovadoras na área de Defesa, principalmente para a Aeronáutica.

Para o gerente de Desenvolvimento de Negócios Venâncio Alvarenga Gomes, a participação da Avibras foi extremamente importante para estreitar relacionamento com a comunidade acadêmica, que é estratégica para a companhia. “É uma oportunidade para externar nossos negócios e nossos planos para o futuro”, destacou.

Entre as autoridades presentes no estande, estava o Brigadeiro Engenheiro Demétrio César Santos, Vice-Diretor de Projeto do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) de São José dos Campos.

Do ponto de vista de captação de talentos, a coordenadora de Seleção e Treinamento de Pessoas Patrícia Helena Simões disse que o evento foi muito positivo. “O ITA é considerado um celeiro de novos talentos na área de engenharia. Foi uma ótima oportunidade para apresentarmos nossa empresa e interagir com uma das melhores universidades do país”.
capa1

A Avibras Indústria Aeroespacial sempre esteve à frente de iniciativas sustentáveis e para melhor evidenciá-las, lançou o seu primeiro Relatório de Sustentabilidade, de acordo com as diretrizes da GRI (Global Reporting Initiative), padrão internacional de relato.

O relatório reúne informações referentes ao desempenho econômico, ambiental e social da Avibras no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2016, apresentando à sociedade e ao mercado como a companhia gera valor de forma contínua.

O documento aborda os temas mais relevantes de gestão da empresa como Estratégia de Negócio e Desempenho Econômico; Qualificação do Capital Humano; Relacionamento com o Governo; Ambiente de Trabalho Saudável; Excelência em Tecnologia; Qualidade e Segurança dos Produtos e Serviços; Relacionamento com a Comunidade e Desenvolvimento Local, e Governança e Conduta Ética.

2016 foi um ano de realizações, mudanças e renovação para a Avibras. O conteúdo aborda ainda o processo de fortalecimento de sua governança corporativa e a busca de novas oportunidades. Essa sinergia resultou em mudanças significativas em sua estrutura administrativa, refletiu em seu desempenho econômico financeiro, em sua produtividade e inovação.

Trata-se de um momento importante da história da Avibras, que recupera as suas origens alçando novos voos para conquistar cada vez mais espaço nos mercados nacional e internacional.

A empresa tem trabalhado para garantir que os temas ambientais, sociais e econômicos, focados na geração e distribuição de valor, estejam presentes em sua estratégia e no dia a dia de trabalho.

O relatório completo está disponível no site www.avibras.com.br.


Sobre a Avibras


A Avibras Indústria Aeroespacial é uma empresa privada brasileira, reconhecida mundialmente pela excelência e pela qualidade de seus produtos e sistemas. Sua essência é ser inovadora e independente em tecnologias críticas nas áreas aeronáutica, espacial, eletrônica, veicular e de defesa.

Ao longo de 56 anos, a Avibras consolidou-se como provedora de desenvolvimento ao conduzir negócios de modo a gerar valor a clientes, acionistas e sociedade de forma sustentável, por meio de colaboradores realizados profissionalmente.

Com instalações amplas e modernas localizadas no Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, principal polo de tecnologia aeroespacial do Brasil, a Avibras cria diferenciais competitivos de qualidade e inovação, fundamentais para manter-se como grande player no mercado mundial de Defesa.
aniver avi 5 aniver avi 3 aniver avi 2
Em junho a Avibras completou 56 anos de pioneirismo e inovação. Para comemorar, a sua trajetória foi contada através da exposição “Nossa História” realizada nas Instalações de Jacareí e Lorena.

Os colaboradores tiveram a oportunidade de viajar no tempo, conhecer a história da empresa e os seus mais diversos produtos, e também lembrar o seu fundador Engenheiro João Verdi Carvalho Leite, considerado um verdadeiro cidadão do mundo e um visionário que, com tamanha simplicidade, alcançou o status de ícone, em matéria de tecnologia e inovação no Brasil.

Com uma trajetória de sucesso, o engenheiro Verdi projetou o Brasil em um dos mercados mais competitivos do mundo – o de Defesa. Além de painéis, o evento contou ainda com a exposição de maquetes dos principais produtos e exibição de vídeos sobre fatos que marcaram o desenvolvimento da empresa.  Os colaboradores viveram e recordaram momentos que ajudaram a construir a história da Avibras, os seus valores e a sua cultura.

Outra atração foi a enquete “Qual é o seu sonho para a Avibras?”. Dois terminais de computadores ficaram disponíveis na área da exposição para participação dos colaboradores, que aderiram à iniciativa.

Valorização da nossa gente - A exposição “Nossa História” é resultado de uma das ações do Change Management (Gestão da Evolução), grupo de ação criado no ano passado para promover o alinhamento de todos os colaboradores em uma direção comum e comunicar com clareza todos os objetivos do Planejamento Estratégico.

As atividades têm por objetivo valorizar o capital humano e promover maior integração entre o colaborador e a empresa, reforçando a importância do trabalho em equipe, a sintonia e o alinhamento de todos os níveis da empresa.
Gincana 02 Gincana 01
Com foco nas ações de responsabilidade social, a Avibras doou uma tonelada de arroz para a Escola Municipal Professor Climério Galvão César, de Lorena, que está participando pela terceira vez da Gincana da Solidariedade promovida pela TV Vanguarda.

A entrega do alimento aconteceu no dia 22 de maio, com a presença dos colaboradores da Avibras Rubens Rodrigo e Débora Dellamonica, do diretor da escola Nilson Domingo Bueno da Cunha e da vice-prefeita de Lorena Marietta Bertelega, presidente do Fundo Social de Solidariedade do município. A Avibras recebeu o apoio da Transpaula no transporte do alimento até Lorena.

Esta é a primeira fase da gincana, onde as escolas participantes precisam arrecadar arroz. A escola de Lorena está na Chave 4 juntamente com Guaratinguetá, Roseira e Silveiras. Este ano 18 escolas da região participam desta grande corrente da solidariedade.

Todos os alimentos arrecadados são destinados às entidades assistenciais de cada município participante.

Agradecimento - Os alunos vibraram com a doação da Avibras. “É muito importante essa parceria com as empresas instaladas em nossa cidade. Agradecemos imensamente à Avibras por esse apoio. Foi essencial”, destacou o diretor da escola Nilson Cunha.

A vice-prefeita Marietta Bertelega também elogiou a iniciativa. “Sem o apoio das empresas, a maior parte das ações do Fundo Social de Solidariedade não seria possível. Parabéns à Avibras por essa ação louvável”, declarou.

Para o vice-presidente Comercial Brasil e Américas e Relações Institucionais, José de Sá Carvalho Júnior, é uma grande satisfação para Avibras apoiar a escola em um evento que incentiva crianças e adolescentes a ajudarem entidades assistenciais. “A forma da Avibras conduzir os negócios e o seu comportamento junto aos públicos estratégicos são tão importantes quanto o seu faturamento anual e a qualidade dos produtos colocados à venda no mercado”, disse.

Segundo Sá, para a Avibras é essencial integrar a sustentabilidade em seus processos de gestão a fim de melhorar sua competitividade, legitimidade e perenidade.
canaletica2
Para reforçar a transparência e atender as melhores práticas de governança corporativa, a Avibras lançou nesta terça-feira, dia 16, em reunião com os gestores, o Canal de Ética, meio de comunicação exclusivo que permite o recebimento de denúncias, de forma segura e confidencial, de condutas que violem o seu Código de Ética ou a legislação vigente.

O canal faz parte de uma série de ações implementadas pela alta direção com o objetivo de fortalecer a Avibras no mercado, buscando os melhores resultados, mais segurança e um ambiente de trabalho ainda mais alinhado aos valores e à cultura que ajudaram a construir a companhia.

O vice-presidente Comercial Brasil e Américas e Relações Institucionais José de Sá Carvalho Júnior disse que a Avibras está aprimorando a sua governança com ferramentas que contribuem para um modelo de gestão de excelência. “Essas melhorias devem transpirar na organização para que possamos crescer de forma sustentável”.

O gerente de Administração e de Recursos Humanos Claudio Motta, que deixou a Ouvidoria da empresa, destacou a importância de um canal independente e exclusivo para denúncias de eventuais desvios de conduta, possibilitando maior transparência no processo. “A ouvidoria interna foi um grande aprendizado. Em dois anos, foram muitas manifestações de diversos tipos, incluindo sugestões e elogios”, destacou.

De acordo com Claudio Motta, as caixas de sugestões permanecerão na empresa sob a governança do RH para recebimento exclusivo de sugestões, críticas, elogios e dúvidas.

O gerente executivo de Auditoria Interna Mario Filipini, que também é vice-presidente do Comitê de Ética e secretário do Comitê de Auditoria e Riscos, explicou que o Canal de Ética é uma ferramenta essencial para condução dos negócios de forma sustentável com transparência e a integridade.

Filipini explicou aos gerentes o funcionamento do canal e esclareceu dúvidas. Segundo ele, é importante que os gestores compartilhem essas informações com os seus colaboradores para que haja um desdobramento e o envolvimento de toda a empresa.

Também falou sobre as boas práticas que vem sendo incorporadas na gestão da Avibras como a forte atuação dos Comitês de Ética e de Auditoria e Riscos no programa de integridade da companhia. “O Código de Conduta está passando por um processo de atualização para atender as necessidades da empresa e do mercado, além do regimento interno do Comitê de Ética, que também passará por uma revisão”, reforçou.

Ao final da reunião os gestores receberam um panfleto e um roller clip (porta-crachá retrátil) alusivo ao Canal de Ética. Todos os colaboradores receberão o brinde no final do mês.

Divulgação - O Canal de Ética está sendo amplamente divulgado para todos os públicos com os quais a Avibras mantém relacionamento. Internamente, cartazes foram afixados em diversos pontos da empresa. Também foram distribuídos adesivos em diversas áreas.

Na intranet foi publicado banner, além de matéria jornalística. O Nossa Gente, edição abril/maio, jornal interno da empresa, terá ainda uma reportagem sobre o tema.

O Canal de Ética também está em evidência no site da empresa para atender sobretudo o público externo.


Saiba mais sobre o Canal de Ética


1) O que é?

É um canal exclusivo da Avibras para comunicação segura e, se desejada, anônima, de condutas que violem o Código de Conduta da empresa ou a legislação vigente.

2) Por que a Avibras mantém um Canal de Ética?

O modelo de gestão da Avibras é baseado na transparência. A empresa pratica, desenvolve e aperfeiçoa a sua cultura através de normas e procedimentos sólidos e bem definidos, visando fortalecer os seus processos de governança e de conformidade.

O Canal de Ética foi criado para receber eventuais denúncias de desvios de conduta e outras irregularidades. A Avibras, como outras empresas do setor privado, é parte integrante da luta contra a corrupção.
A união, informação e total engajamento na cultura de transparência possibilitam o crescimento de forma sustentável da companhia.

3) Quem pode denunciar?

Colaboradores, terceiros, fornecedores, clientes e a comunidade em geral.

4) Como funciona?

Os relatos podem ser feitos pela internet www.canaldeetica.com.br/avibras e ou por uma linha telefônica gratuita: 0800 741 0001 todos os dias, 24 horas por secretária eletrônica ou de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, para falar com um analista. Como canal global, o atendimento é feito nos idiomas português e inglês.

5) Como funciona e quem recebe as denúncias?

As informações registradas são recebidas por uma empresa independente e especializada, assegurando sigilo absoluto e o Comitê de Ética da Avibras fará o tratamento adequado de cada situação, sem conflitos de interesses.

6) O canal é seguro?

O canal oferece total segurança e sigilo ao processo de recebimento de denúncias.

7) O anonimato é garantido?

Sim. A confidencialidade das denúncias é garantida, preservando a identidade das pessoas envolvidas. Não há nenhuma possibilidade de identificação, caso o autor faça essa opção.

8) A denúncia pode ser identificada?

Sim. O autor pode optar pelo relato anônimo ou identificar-se. A opção identificada é voltada para os casos em que o relator se disponibiliza a ser contatado para esclarecimento de possíveis dúvidas sobre o relato fornecido.
Relatos com identificação são muito importantes, pois podem fazer com que a apuração seja mais efetiva.
Lembramos que este é um canal anônimo, seguro e confiável.

9) O que relatar?

• Assédio moral ou agressão física
• Assédio sexual
• Atos de preconceito e discriminação
• Conflitos de interesse
• Conluio (cartéis, manipulação de propostas e fixação de preços)
• Descumprimento de normas e políticas internas
• Destruição ou danos aos ativos
• Desvio de comportamento
• Favorecimento ou conflito de interesses
• Fraude
• Roubo, furto ou desvio de materiais
• Suborno (propinas, doações, facilitações de doações)
• Uso de informações privilegiadas
• Uso ou tráfico de substâncias proibidas
• Violação de leis em geral

10) Quem apura as denúncias?

Todos os relatos são tratados por uma área independente, que presta contas ao Comitê de Auditoria e Riscos do que foi recebido, como foi analisado e qual a ação efetivamente aplicada em cada caso.

11) Quais medidas são tomadas e como acompanhar o meu relato?

Caso a denúncia seja procedente, a empresa tomará as medidas cabíveis previstas no Código de Conduta e na legislação em vigor, dependendo do teor da mesma.

Todo o processo pode ser acompanhado pelo Canal de Ética através do número de protocolo.
LAAD 2017 22 LAAD 2017 1
Mais uma vez a Avibras brilhou na LAAD Defence & Security realizada de 4 a 7 de abril no Riocentro, no Rio de Janeiro. O evento é considerado uma referência internacional em tecnologia, inovação e geração de negócios. Nesta edição, o protótipo da viatura Guará 4WS Blindada Leve sobre Rodas ficou em destaque no estande, atraindo muitos visitantes.

A viatura pertence à mais nova família de blindados leves da companhia, que nesta versão de Reconhecimento Armado tem capacidade para cinco tripulantes devidamente equipados com excelente nível de proteção, elevada agilidade e extrema mobilidade com tração 4X4 e direção nas quatro rodas. O protótipo do MAN-SUP (Míssil Antinavio lançado de Superfície) também foi atração no evento.

A Avibras recebeu várias delegações estrangeiras e autoridades brasileiras, além de representantes das Forças Armadas e de jornalistas da mídia especializada.

Além da viatura Guará, a empresa evidenciou durante a feira a sua parceria com as Forças Armadas do Brasil por meio dos programas A-Darter (Força Aérea Brasileira), MAN-SUP (Marinha do Brasil) e Sistema ASTROS 2020 (Exército Brasileiro).

Projeção – A Avibras busca consolidar sua presença nos mercados onde já está presente e, constantemente, identificar novas oportunidades, de forma a ampliar sua participação no mercado objetivando gerar um backlog que proporcione o retorno esperado para a sociedade onde está inserida, seus colaboradores e acionistas.

A companhia sempre priorizou a sua participação em grandes feiras especializadas em Defesa, pelos benefícios que um evento deste porte proporciona às empresas na promoção de seus negócios, de sua marca, de seus produtos e serviços.

Presente em todas as edições da LAAD, a Avibras reforça que os eventos especializados são importantes plataformas para consolidar vendas no Brasil e no exterior, em paralelo, trazendo excelentes perspectivas para a empresa.
GUARA 4WS
Reconhecida mundialmente pela excelência e pela qualidade de seus produtos e sistemas de defesa, a Avibras Indústria Aeroespacial levará o protótipo da viatura Guará 4WS Blindada Leve sobre Rodas para a LAAD Defence & Security 2017, que será realizada de 4 a 7 de abril no Riocentro – Exhibition & Convention Center, no Rio de Janeiro. A viatura pertence à mais nova família de blindados leves da Avibras, que nesta versão de Reconhecimento Armado tem capacidade para cinco tripulantes devidamente equipados com excelente nível de proteção, elevada agilidade e extrema mobilidade com tração 4X4 e direção nas quatro rodas.

Leia mais...  

gmf gmf2 gmf3
No dia 25 de janeiro aconteceu a solenidade de passagem de comando no 6º GMF (Grupo de Mísseis e Foguetes) em Formosa – Goiás. O Tenente-Coronel Alexandre de Almeida Melniski passou o comando da unidade para o Tenente-Coronel Elson Lyra Leal. A Avibras prestigiou o evento representada por uma equipe liderada pelo engenheiro José de Sá Carvalho Júnior, Vice-Presidente Comercial Brasil e Américas e Vice-Presidente da Relações Institucionais.

A cerimônia foi presidida pelo General-de-Divisão Luis Carlos Pereira Gomes, Comandante Militar do Planalto e teve a participação do General-de-Exército Juarez Aparecido de Paula Cunha, do Chefe do DCT (Departamento de Tecnologia do Exército), dos antigos comandantes do 6° GMF e das autoridades civis e militares da região de Formosa.

O Tenente-Coronel Melniski prosseguirá com sua carreira atuando no escritório do Projeto Estratégico ASTROS 2020 e, portanto, continuará em estreito contato com a Avibras.

O Tenente-Coronel Elson estava servindo no Centro de Inteligência do Exército ao ser designado para sua nova função. Ele já tem experiência com o Sistema ASTROS por ter comandado uma Bateria ASTROS no antigo 8º GACosM (Grupo de Artilharia de Costa Motorizado) em Niterói, no Rio de Janeiro.

0 6º GMF é a única unidade do Exército Brasileiro que opera o Sistema ASTROS. A unidade tem recebido nos últimos anos as modernas viaturas ASTROS na versão Mk6 e viaturas modernizadas Mk3M, concentrando o maior poder de fogo de toda a América Latina e a impressionante capacidade estratégica dissuasória, além de ser centro gerador de treinamento e doutrina no emprego da artilharia de mísseis e foguetes.

A Avibras deseja sucesso aos oficiais em suas novas funções.
vlm1 vlm2 vlm3 vlm5 vlm4
A Avibras encerra o ano com um importante marco para a história do setor Aeroespacial Brasileiro, reafirmando a sua posição de destaque nesta área como uma das pioneiras na participação em programas de pesquisa espacial.

Na quinta-feira, dia 22, o IAE (Instituto de Aeronáutica e Espaço) sediou a assinatura do contrato de produção dos motores S50 para os projetos VS-50 e VLM-1, representando um momento especial para o desenvolvimento do Veículo Lançador de Microssatélites.

O evento teve a participação do presidente da Avibras João Brasil Carvalho Leite, do vice-presidente Comercial Brasil e Américas e Relações Institucionais José de Sá Carvalho Júnior e demais representantes da empresa, do diretor geral do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), Ten Brig do Ar Antonio Carlos Egito do Amaral, do diretor do IAE, Brig Eng Augusto Luiz de Castro Otero e do Diretor de Projetos da FUNCATE (Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais), Dr. Donizeti Andrade.

Este contrato encerra um extenso trabalho iniciado em setembro de 2015 com a elaboração do Termo de Referência nº 024/2015, no qual o IAE solicitou à FUNCATE a elaboração do Pedido de Oferta para o fornecimento de oito motores S-50, necessários para todas as fases dos projetos VS-50 e VLM-1, até o primeiro voo dos protótipos de cada projeto.

Após mais de um ano de análise dos volumes gerencial, técnico e comercial, onde os profissionais do IAE e do GAC-EMBRAER aprofundaram as discussões nas três áreas, chegou-se à Oferta Final Revisão C, de novembro de 2016, da única ofertante, a Avibras Divisão Aérea e Naval S.A.

Ao longo dos próximos vinte e seis meses a empresa deverá industrializar o projeto do motor S50 e produzir seis motores e seus acessórios, e será acompanhada por técnicos do IAE e do IFI (Instituto de Fomento e Coordenação Industrial) para o bom desempenho do contrato do ponto de vista técnico e de qualidade, e pela FUNCATE do ponto de vista gerencial, financeiro e administrativo. Os dois motores restantes serão objeto de Termo Aditivo ao contrato, após a revisão, submissão e aprovação de Termo Aditivo ao Convênio 001/2015, entre o IAE e a FUNCATE, para o desenvolvimento do VLM-1.
recebimento site recebimento2 3 site recebimento2 5 recebimento2 6 recebimento2 1 recebimento2 7
A Avibras entregou no último dia 14, o segundo lote de viaturas modernizadas do Sistema Astros 2020, composto por seis Viaturas Lançadoras e três Remuniciadoras AV-LMU- MK-3M, ao 6º GMF (Grupo de Mísseis e Foguetes) do EB (Exército Brasileiro). As viaturas farão parte da 2ª Bateria do 6º GMF. O Projeto ASTROS 2020 está inserido na Estratégia Nacional de Defesa e integra o processo de transformação do Exército Brasileiro.

O Comandante Logístico, General de Exército Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, presidiu a cerimônia de entrega das viaturas em Formosa (Goiás).
Em seu discurso o General Theophilo lembrou que será implantado o Comando de Artilharia do Exército, em Formosa, e que, nessa estrutura, haverá um Centro de Logística de Mísseis e Foguetes.

O Comandante Militar do Planalto, General de Divisão Luiz Carlos Pereira Gomes destacou que é um grande orgulho contar com o maior poder de fogo do Brasil. O General Pereira Gomes lembrou que a Cidade de Formosa juntará treinamento, operação e manutenção, para encher de orgulho a Artilharia do País.

O presidente da Avibras, João Brasil Carvalho Leite, reforçou que é muito importante para a Indústria de Defesa Nacional que o Exército Brasileiro utilize os equipamentos produzidos no Brasil, pois isso favorece a Indústria de Defesa na concorrência com o mercado externo.


Projeto Estratégico ASTROS 2020

O Projeto Estratégico ASTROS 2020 tem por objetivo dotar a Força Terrestre de meios capazes de prestar um apoio de fogo de longo alcance, com elevada precisão e letalidade. O Projeto ASTROS 2020 contém diferentes etapas: (1) criação e implantação de uma Unidade de Mísseis e Foguetes; um Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes; um Centro de Logística de Mísseis e Foguetes; uma Bateria de Busca de Alvos; paióis de munições; uma Base de Administração e um Campo de Instrução em Formosa (CIF); (2) desenvolvimento de dois novos armamentos: o foguete guiado e o míssil tático de cruzeiro, com alcance de 300 km; e (3) construção de Próprios Nacionais Residenciais (PNR) e outras instalações necessárias ao bem-estar da família militar na Guarnição de Formosa.
vista externa 01 Estande
A Avibras participou entre os dias 2 e 5 de novembro da Indo Defence 2016 Expo & Forum em Jacarta na Indonésia.

Importantes autoridades marcaram presença no estande da Avibras, que apresentou toda a sua linha de produtos de Defesa, entre eles o ASTROS (Sistema de Foguetes de Artilharia para Saturação de Área), referência mundial em sua classe.

As viaturas do Sistema ASTROS estão entre os mais sofisticados equipamentos de defesa das Forças Armadas da Indonésia. A feira contou com a participação de mais de 750 empresas de 55 países.
imagem2 
No último dia 14, aconteceu o lançamento de mais um Foguete de Treinamento Básico (FTB) desenvolvido e fabricado pela Avibras, no CLA (Centro de Lançamento de Alcântara) no Maranhão. Trata-se da Operação Falcão I/2016, que teve como objetivo treinar operacionalmente as equipes do centro na preparação, lançamento e rastreio de foguetes.

O evento contou com a participação do Coronel Aviador Cláudio Olany Alencar de Oliveira, Diretor do CLA, do Tenente Coronel Aviador José Alberto dos Santos Bezerra, Gerente do Projeto Foguete de Treinamento (FOGTREIN) e do Executivo de Vendas da Avibras Marco Aurélio Almeida.

O lançamento foi um sucesso. O veículo seguiu a trajetória prevista e os parâmetros nominais foram atingidos.
IMG 20160929 WA0095 Estande BID Estande BID 02
A viatura Guará 4WS 4X4 foi destaque na 4ª Mostra da BID (Base Industrial de Defesa) Brasil realizada entre os dias 27 e 29 de setembro no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O protótipo da viatura ficou exposto no estande da empresa, que contou com a visita do ministro da Defesa Raul Jungmann e de várias autoridades militares. Mais de 3,5 mil pessoas, entre empresários, adidos militares, representantes de embaixadas e do governo, e cerca de 100 empresas expositoras participaram do evento. 

A presença da Avibras em feiras como a BID Brasil tem por objetivo promover os negócios da empresa, principalmente os produtos de alto valor agregado e serviços nos mercados nacional e internacional, consolidando as vendas no Brasil e no exterior.

O Guará foi inteiramente projetado e desenvolvido pela Avibras com aplicações militares, servindo para as três Forças Armadas, como também para aplicações em segurança pública. É uma viatura com elevado nível de proteção balística e com a capacidade de rápido aumento ou redução dessa proteção em função da concepção modular que foi aplicada no projeto.

A elevada capacidade de carga aliada a agilidade e extrema mobilidade com tração 4x4 e direção nas quatro rodas são características diferenciais da viatura e fundamentais para operação no cenário urbano e rural.

A empresa também apresentou durante a feira o Míssil Tático AV-TM ASTROS e o Foguete Guiado AV-SS-40G.

A Mostra BID Brasil foi realizada pela ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) com apoio do Ministério da Defesa, das Forças Armadas e da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).


Avibras Guara 4WS 2
A Avibras vai participar entre os dias 27 e 29 de setembro da 4ª Mostra BID Brasil no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O evento tem por objetivo a geração de novas oportunidades de negócios internacionais, abrindo mercados para as empresas brasileiras apresentarem os seus diferenciais de produtos e serviços. A empresa participa da Mostra desde a sua primeira edição, em 2012.

Leia mais...